Por Sd Glaucia

 

Documento mostra que viatura encontra-se irregular no DETRAN desde o ano de 2009

Com o início do movimento “Segurança com Segurança”, policiais e bombeiros militares de todo o Estado estão adotando uma nova postura de trabalho. Os militares estaduais estão exigindo primeiro as mínimas condições de segurança para assumirem o serviço diário de forma a garantir a segurança da população norte-riograndense.

A noite desta sexta-feira (28) não foi diferente da situação encontrada na maioria das unidades policiais do Estado. Policiais militares do 6º Batalhão de Polícia Militar recusaram-se a assumir o serviço por encontrar irregularidades nas viaturas.

Segundo informações, há veículos com as taxas do DETRAN atrasadas desde o ano de 2009, o que contraria a Instrução Normativa nº 001/2011, de 1º de junho de 2011, emitida pela Secretaria de Segurança Pública do Estado, já que pela Instrução Normativa os motoristas estão sujeitos às penalidades previstas na legislação em vigor.

Dessa forma, os policiais alegaram que não assumiriam a responsabilidade por qualquer viatura que estivesse irregular de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, para que não houvesse sanções administrativas contra os PM’s, conforme estabelece a Instrução Normativa da SESED.