Por Glaucia Paiva

Em ato publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (09), o Governador do Estado, Robinson Faria, efetivou a promoção de 809 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, para classes superiores.

Foram 73 delegados, 60 escrivães e 676 agentes promovidos às classes superiores. Entre eles configura a atual Secretária de Segurança Pública e da Defesa Social, Kalina Leite, que passa da 3ª Classe para a Classe Especial do cargo de Delegada da PCRN.

As promoções, no total de 809, corresponde a 50% do efetivo atual da Polícia Civil que hoje conta com pouco mais de 1,5 mil policiais civis, conforme dados extraídos do Portal da Transparência do Governo.

Promoções não foram em substituição de vagas por morte e aposentadoria

Diferentemente do que aconteceu na Polícia Militar, onde o Governo promoveu cerca de 1,2 mil policiais, oficiais e praças (14% do efetivo), justificando cada promoção efetivada em decorrência de aposentadoria e morte dos militares nos últimos 14 anos, as promoções na Polícia Civil não obedeceram essa regra conforme se pode constatar do ato de promoção dos policiais.

De acordo com informações de um policial civil, todos que possuem o direito de passar para a classe superior foram promovidos, com efeitos retroativos a 1º de abril de 2015.

Atualmente o déficit na Polícia Civil é de 70% do efetivo.